Fidelidade Insurance Challenge

Como pode a tecnologia Blockchain ajudar a deteção de fraude em seguros?

Proposto por

FidelidadeA Fidelidade é a seguradora líder de mercado em Portugal, tanto no ramo vida como não vida, registando atualmente uma quota de mercado de cerca de 27,7%. A companhia está presente nos vários segmentos de negócio da atividade seguradora e beneficia da maior rede em Portugal, marcando presença em vários países, nomeadamente Angola, Cabo Verde, Moçambique, Espanha, França e Macau.

 

Projeto Vencedor

A solução apresentada pela Multicert baseia-se na criação de um seguro para um evento desportivo único, como uma meia-maratona, por exemplo, que o participante pode fazer. A equipa vencedora apresentou uma automação e simplificação do funcionamento da rede necessária para que este tipo de seguros possam ser vendidos.

A solução vencedora tem como base o conceito de smart contracts, com um conjunto pré-definido de parâmetros e de validações que possibilitam a eliminação de intervenientes humanos nas fases de análise e decisão.

 Projeto Finalista

A ideia proposta corresponde à plataforma SIS^1 orientada para a gestão colaborativa de seguros de curta duração, alicerçada na tecnologia blockchain e em smart contracts, considerando processamento distribuído e colaborativo por todos os elementos da rede. Esta solução tem o potencial de transformar consideravelmente os tradicionais processos de subscrição e participação de sinistros e potencia a adoção de modelos de negócio disruptivos com elevado nível de automatização e combate à fraude.

 

Descrição

Desafio A: One-time insurance para eventos desportivos (desafio “fechado” que dê resposta a uma necessidade específica do negócio da Fidelidade) – A crescente oferta e acessibilidade a eventos desportivos genéricos, acompanhada por uma motivação generalizada pela sua prática pela população em geral, cria uma oportunidade relevante para um posicionamento inovador por parte de Seguradoras, disponíveis a cobrir os riscos de acidentes dos participantes. Pretende-se com este desafio estimular o desenvolvimento de uma rede em Blockchain que permita a subscrição rápida e pragmática destes produtos, garantindo a participação de vários nós ao nível de a) organização, responsável por reconhecer os participantes; b) entidades que certifiquem o sinistro no terreno e c) os próprios participantes e d) a própria Seguradora. Nesta solução, deverão ser garantidos:

- Os processos de subscrição (aquando da inscrição ou até um período antes da data do evento);

- O reconhecimento de participação no evento ou o cancelamento em caso de anulação ou no-show;

A criação de sinistro;

- O reconhecimento pelas várias partes;

- O deferimento e pagamento ou o indeferimento. 

 

Desafio B: Seguros Paramétricos (desafio “aberto” que dê resposta a uma necessidade de uma determinada área do Sector) – No contexto actual existem um conjunto de parâmetros que nos rodeiam e cujos eventos que despoletam são também reconhecidos de forma unívoca pelas várias partes. Pretende-se neste desafio a criação de um modelo de seguro paramétrico, aproveitando a capacidade de monitorizar risco on-line com base em parâmetros e no reconhecimento em Blockchain de eventos despoletados.