REN Energy Challenge

Como podemos usar o Blockchain para potenciar a rede energética nacional?

Proposto por

RENA REN - Redes Energéticas Nacionais trabalha no desenvolvimento de um sistema energético mais eficiente, seguro e competitivo, que garanta o acesso de energia a todos, com o menor custo possível. A REN tem duas áreas de negócio principais: a eletricidade e o gás natural. Em Portugal, opera as principais infraestruturas de transporte, efetua a gestão global do Sistema Elétrico Nacional e do Sistema Nacional de Gás Natural. Para além disso, detém, também, uma concessão de distribuição de gás natural na região litoral norte de Portugal. Com um forte compromisso com o desenvolvimento sustentável, investe consistentemente na promoção do conhecimento e na investigação e desenvolvimento, aprofundando o relacionamento entre a academia e a indústria, com vista a antecipar soluções para os grandes desafios tecnológicos e ambientais que se colocam a nível nacional e internacional.

 

Projeto Vencedor

A solução proposta pela Blockbird Ventures consiste numa solução intitulada "Blockbird.energy+" que permite a compra e a venda de energia, permitindo ao comprador escolher a forma como foi produzida a energia, por exemplo, solar, eólica ou outro tipo de produção.

A proposta da Blockbird utiliza Token ERC-721 em Ethereum, que são únicos, podem ser vendidos a outros utilizadores, mantem um registo de transações e é facilmente auditável.

Menção Honrosa

 

A equipa Innov4u apresentou uma solução baseada num marketplace para que seja possível comprar e vender energia. Os produtores comunicam ao mercado a disponibilidade de negociar durante um determinado período de tempo. Simultaneamente, os compradores terão oportunidade de ver a energia que pode ser comprada.

A proposta permite revolucionar o acesso ao mercado de produção e comercialização de energia com um Marketplace energético de registo único, universal e descentralizado, prestador de serviços de valor acrescentado e com homogeneização das condições de acesso.

Projetos Finalistas

A proposta do INESC-TEC baseia-se num marketplace de compra e venda de excedentes de produção de energia. Através de um mercado P2P, um microprodutor pode vender o seu excedente de produção a, por exemplo, um vizinho.

Através de Ethereum, a proposta sugerida 'tokeniza' a energia e o mercado mantém um registo das ordens de compra e venda de energia.

A SpekSciences propôs uma plataforma a nível transacional entre produtores, comercializadores e entidades agregadoras que permite uma comercialização P2P assente numa base que utiliza a tecnologia Blockchain.

Todas as transações são feitas através da plataforma sugerida pela SpekScience sob a forma de smart contracts.

 

Descrição

Através da utilização da tecnologia Blockchain e de smart contracts o desafio passa pela criação de uma plataforma para a negociação da compra e venda de energia onde os micro/mini-produtores possam ter uma fonte de rendimento adicional e os consumidores a opção de escolher o fornecedor mais barato.