Aragão será a primeira comunidade autónoma de Espanha a usar Blockchain

A comunidade autónoma de Aragão, no nordeste de Espanha, será a primeira no país a aplicar a tecnologia Blockchain na sua administração pública. O governo de Aragão denomina a tecnologia de "transformadora".

Fernando Gimeno, o conselheiro de Finanças e Administração Pública no governo de Aragão, assinou um contrato com o Alastria - um ecossistema de Blockchain com mais de 274 entidades, incluindo empresas e instituições que criam ferramentas baseadas em Blockchain em linha com os quadros legais de Espanha e da União Europeia. Como resultado da parceria, Aragão irá tornar-se a primeira comunidade autónoma espanhola a fornecer serviços baseados em Blockchain.

Gimeno chamou o contrato de "transformador", e explicou que o mundo "irá perceber repentina e fortemente" o poder da tecnologia Blockchain no futuro próximo. Fernando Gimeno ressalvo, também, que Blockchain é "o futuro da tecnologia" e "fundamental" para a administração pública.

O conselheiro acredita que Blockchain vai melhorar a transparência e a eficiência da administração, que por sua vez atrairá negócios e investimentos. Acrescentou ainda que os funcionários da administração regional já estão a ser treinados para trabalhar com a tecnologia, a fim de se familiarizar com o seu "enorme potencial".