Como a Blockchain revolucionou a Indústria da Arte

Desde novembro de 2017, houve um total 174 milhões de doláres gastos em NFTs.
Os NFTs tornaram-se extremamente famoso entre os utilizadores de criptografia e as empresas devido à maneira como revolucionaram os jogos e itens de coleção.

                                                                           

 

O que é um NFT (Non-fungible tokens) ?                              

Um NFT é um recurso criptográfico especial e único. Não é permutável e isso é o que realmente o diferencia.

Para termos uma comparação, pense numa criptomoeda, por exemplo, a Bitcoin. A bitcoin pode ser substituída por qualquer outra bitcoin e ainda ser o mesmo ativo - é igual ao trocar uma moeda de 1 euro por outra, no final do dia ainda possui 1 euro. Os NFTs, de outra forma, são mais parecidos com os ovos Fabergé, todos eles tem o mesmo conceito (um ovo com joias), mas cada um é uma criação original com um formato, tamanho ou padrão diferente. Por isso, os ovos não têm todos o mesmo valor. Este recurso é a essência de um NFT.

É importante realçar que a analogia com os ovos Fabergé só funciona até certo ponto: cada ovo veio do mesmo autor (Peter Carl Fabergé), e eles são limitados a um certo número. Por outro lado, qualquer pessoa pode criar um NFT e não há limite para o número geral de NFTs em circulação. O ponto principal é que cada NFT é único e a razão pela qual os NFTs transmitem valor como uma classe de ativos criptográficos é por serem únicos.

                                                                     

 

Como funcionam?                        

Para perceber como a arte foi ligada aos NFTs, é preciso entender precisamente como funciona um NFT. Os NFTs são Tokens Criptográficos exclusivos geridos pela Blockchain. A Blockchain funciona como um livro-razão descentralizado que rastreia a propriedade e o histórico das transferências de cada NFT, que é codificado para ter um ID exclusivo e outra “metadata” que nenhum outro Token pode replicar. Este processo dá aos NFTs a particularidade de serem originais e escassos, ou seja, torna-os bastante atraentes.

 Os NFTs são codificados com códigos de software (mais conhecidos por contratos inteligentes) que controlam aspetos como a verificação da posse e a gestão da capacidade de transferência dos NFTs. Como qualquer aplicação de software, os NFTs podem ser programados além do básico de propriedade e transferibilidade para incluir também uma variedade de outras aplicações e funcionalidades, incluindo aqueles que vinculam o NFT a outros ativos digitais.


                                                                        

Porque ficaram tão famosos ?

Desde novembro de 2017, houve um total 174 milhões de doláres gastos em NFTs.
Os NFTs tornaram-se extremamente famoso entre os utilizadores de criptografia e as empresas devido à maneira como revolucionaram os jogos e itens de coleção.