Conheça algumas soluções alternativas de conversação baseadas em Blockchain

Vivemos numa era em que estamos sempre em contacto com outras pessoas e, atualmente, a aplicação WhatsApp é uma das favoritas para o fazer. Mas será que Blockchain não tem alternativas?

Desde que foi adquirido em 2014 pelo Facebook que o WhatsApp nunca mais parou de crescer. Atualmente, tem mais de mil milhões de utilizadores por mês e são transmitidas mais de 30 mil milhões de mensagens por dia. Com o aumento da preocupação sobre a privacidade dos utilizadores, a aplicação de mensagens tem aumentando a sua segurança, acrescentando no seu sistema uma camada de verificação de dois fatores e de encriptação automática end-to-end. Mas será que chega?

Em janeiro de 2017 foi noticiado que o protocolo de encriptação utilizado pelo WhatsApp podia ser explorado. Isto significa que, embora as mensagens sejam criptografadas em ambos os dispositivos, para que não possam ser lidas durante a transmissão, elas são descriptografadas localmente no smartphone. Para verificar se o dispositivo que recebe a mensagem é o destinatário pretendido, cada utilizador tem uma chave de segurança pública. Essa chave pode ser alterada ao reinstalar a aplicação ou mudar para um novo telefone.

A notícia original, publicada pelo jornal The Guardian, afirmou que, como o WhatsApp tinha a capacidade de alterar as chaves de segurança para utilizadores offline, é possível intercetar e descriptografar mensagens. O WhatsApp poderia forçá-lo a reenviar as suas mensagens com a nova chave de segurança e permitir o acesso às mensagens.

Este é apenas um dos problemas do WhatsApp, para além da partilha de dados entre a aplicação de mensagens e o Facebook e o facto de os backups de mensagens feitos em contas de cloud "comuns", como iCloud e Google Drive, não serem encriptados.

Nos dias de hoje, vemos regularmente que Blockchain pode trazer muitos benefícios para o mundo. Será que também pode ajudar as aplicações de mensagens? Há várias aplicações de mensagens que, para além de oferecerem a possibilidade de enviar mensagens de forma instantânea, também permitem aos utilizadores não terem que se preocupar com casos de roubo ou manipulação de dados.

Fique com três exemplos de aplicações de mensagens que utilizam Blockchain nos seus serviços.

Kakao Talk

Esta aplicação tem um conceito semelhante ao Skype. O Kakao Talk permite telefonar aos seus contactos gratuitamente e a troca de mensagens instantâneas. Tal como outras aplicações, basta o número de telefone para fazer o registo. O Kakao Talk está disponível para Android, iPhone e Windows Phone, nos telefones móveis, e para computador. A versão para PC permite enviar arquivos de até 100 MB e também pode definir o modo de bloqueio para uma proteção de privacidade maior.

Status

O Status é uma aplicação baseada em Blockchain que opera como um navegador messenger e descentralizado. No entanto, é importante notar que o Status não é como o serviço de mensagens comum; para além de conversar, o Status permite enviar pagamentos baseados em Ethereum e a emissão de contratos inteligentes para amigos. A plataforma também oferece aos utilizadores a oportunidade de interagir com aplicações descentralizadas em execução na rede Ethereum. Deste modo, a aplicação transforma o dispositivo num nó cliente que tem a capacidade de aceder ao ecossistema Ethereum a partir de qualquer lugar.

Vibeo

A última aplicação desta lista é o Vibeo. É mais uma aplicação baseada em Blockchain projetada para levar a comunicação ao 'next level'. Os utilizadores podem comunicar individualmente ou até mesmo configurar chamadas de conferência. O Vibeo suporta chamadas de voz e vídeo e o utilizador pode utilizar mensagens instantâneas. Todas as interações na plataforma ocorrem com segurança e em Blockchain.