"Cripto Indústria" da Islândia vai tornar-se em "negócios de Blockchain"

Espera-se que a indústria de criptografia da Islândia se afaste da mineração de criptomoedas e que mude para "negócios puros de blockchain", segundo as previsões feitas por vários membros da indústria local.

Halldór Jörgensson, presidente do Borealis Data Center, com sede em Reykjavik, disse à ao site Red Herring que a procura de instalações locais de criptomoeds e Blockchain está a "mudar mais para o puro negócio Blockchain", em vez de se focar na mineração de Bitcoin.

De acordo com Jörgensson, o frenesim em torno da mineração Bitcoin caiu para um nível que "não é tão louco como era há um ano", quando a criptomoeda atingiu o seu valor mais alto de todos os tempos. Apesar disso, o presidente sugeriu que a "onda" de mineração de Bitcoin contribuiu para o crescimento mais rápido das indústrias locais de energia e dados, cuja infraestrutura bem desenvolvida deve agora impulsionar os negócios relacionados com Blockchain.

A Islândia tornou-se numa das líderes na mineração de criptomoedas, devido ao seu clima naturalmente frio, bem como à abundância de fontes de energia renovável economicamente viáveis - principalmente energia geotérmica e hidroelétrica.

Em fevereiro, Johann Snorri Sigurbergsson, gestor de desenvolvimento de negócios de um fornecedor de energia local, HS Orka, previu que o volume de mineração de criptomoedas na Islândia irá provavelmente duplicar em 2018.