Ethereum: Cinco Dapps populares que pode utilizar

O Ethereum fez agora três anos desde que foi lançado. Vitalik Buterin, o russo-canadiano que cofundou a plataforma, esperava que Dapps populares (aplicações descentralizadas) se tornariam a nova norma.

Este artigo foi escrito por Ryan Smith e publicado originalmente em CoinCentral.com.

Mal sabia Buterin que os seus contratos inteligentes na sua Blockchain acabariam por ser uma maneira extremamente popular de levantar capital, conhecida como oferta inicial de moeda (ICO, na sigla em inglês).

A sua visão foi de certa forma distorcida por uma nova onda de especuladores a apostar alto na criptografia. Isto não significa, no entanto, que nenhum desenvolvimento descentralizado esteja a acontecer na Blockchain de Ethereum. Longe disso. Na verdade, construir um contrato inteligente é mais fácil do que pensa. E há algumas equipas de desenvolvimento engenhosas que dão vida a novas ideias da maneira que Ethereum pretendia inicialmente.

Com dados do DappRadar, decidimos dar uma vista de olhos em vários dapps populares que estão realmente a atrair utilizadores. Esta é a lista dos cinco principais dapps e é baseada no volume de Ethereum, mas também na exclusividade da aplicação.

1. IDEX

O IDEX é um intercâmbio descentralizado popular criado pela Aurora. A empresa está a desenvolver uma série de serviços financeiros baseados em Blockchain. A adoção do utilizador através de Blockchain ainda é lenta, mas esta aposta provavelmente será recompensada, já que mais utilizadores procuram soluções criptográficas para serviços bancários.

É interessante notar que as trocas descentralizadas continuam a representar o maior volume de dapps populares. Os especuladores ainda são os primeiros a adotar a solução. Como outros tipos de aplicações trazem mais casos de uso, esperamos ver as coisas a equilibrarem-se um pouco mais.

O IDEX já está a superar outras bolsas descentralizadas, como a ForkDelta, por uma margem bastante grande. Isto é impressionante se considerarmos que o IDEX tem menos de um ano. Como o IDEX é construída em Ethereum, concentra-se apenas nas negociações de token Ethereum e ERC20. A plataforma suporta totalmente o MetaMask e soluções mais seguras, como a carteira de hardware do Ledger.

2. Ethlance

O Ethlance, outro dos dapps mais populares, é um mercado descentralizado para trabalhos que são, na maioria, remotos. Portais de emprego online não são uma inovação particularmente nova. Empresas como Upwork, 99Designs e Fiverr são utilizadas regularmente por freelancers e empregadores no novo mundo da Internet.

Então, qual é o benefício de uma solução baseada em Blockchain? Simples: descentralização. O Upwork atualmente cobra uma taxa incrivelmente cara de 20 por cento por trabalho para a maioria dos freelancers que se iniciam na plataforma. Tenha em conta as taxas de transferência para o seu país e pode ver por que muitos candidatos a emprego simplesmente se recusam a utilizar este serviço.

O Ethlance, por outro lado, é totalmente gratuito. No entanto, tem que pagar taxas “energéticas” na rede Ethereum. De momento, isso é um pouco trabalhoso, mas quando a Ethereum passa para o modelo de “proof-of-stake”, o serviço Ethlance deverá ser muito mais fácil de usar.

3. Auctionity

A Auctionity é uma casa de leilões de Blockchain para colecionadores de criptografia em que qualquer pessoa pode criar um leilão virtual dos seus ativos digitais favoritos na rede global. Uma diferença fundamental em relação a outras plataformas é que os recursos têm de ser não fungíveis. Por outras palavras, não pode vender tokens Ethereum. Os ativos digitais precisam de ser únicos e representar algum tipo de valor individual, ao contrário dos tokens.

Atualmente, a maioria dos ativos para leilão inclui personagens do Cryptokitty e Etheremon. Embora possa não corresponder ao seu gosto, o potencial positivo, é bem grande. Devemos esperar que nos próximos tempos mais artistas, músicos e criadores migrem para a plataforma quando começarem a apreciar o valor de serem pagos em Ethereum em vez de dólares, euros, ou outras moedas fiduciárias.

4. LocalEthereum

Em 2016, o preço da Ethereum descolou e os investidores começaram realmente a prestar atenção. Não será, por isso, surpreendente que uma alternativa para a LocalBitcoins apareça. Para aqueles que não conhecem, a LocalBitcoins é um serviço de Internet popular que permite comprar e vender Bitcoins em todo o mundo sem ter de trocar dinheiro.

A LocalEthereum usa contratos e depósitos inteligentes para bloquear a Ethereum do vendedor até confirmar que recebeu moeda fiduciária (por exemplo, dólares e euros) de um comprador por meio de dinheiro, transferência bancária, PayPal ou outros métodos.

O intermediário tradicional (câmbio) foi eliminado. No entanto, no caso de uma disputa, um árbitro precisa de intervir. O árbitro só pode conceder Ether a uma das duas partes e não a ela mesma. Por enquanto, esse árbitro é o próprio LocalEthereum, embora, com o tempo, até mesmo esse aspeto possa ser descentralizado para os membros da comunidade.

5. Aragon

Aragon é um projeto incrivelmente ambicioso que procura assumir a natureza limitada da gestão de negócios locais. Hoje, a maioria das empresas integra-se num país e, portanto, está sujeita às suas leis e instrumentos regulatórios. Isto torna-se difícil de gerir à medida que mais e mais funcionários voltam os seus esforços para o trabalho remoto.

Aragon está a concentrar-se na ajuda aos empreendedores do futuro a criar DAOs ou descentralizar organizações autónomas. Essencialmente, a Aragon está a ser construída com a principal funcionalidade de melhorar a forma como se fazem negócios.

Resta saber se os DAOs podem substituir completamente uma hierarquia de negócios típica. Certamente faz mais sentido em países onde iniciar um negócio é muitas vezes dificultado pela pesada regulamentação governamental e barreiras aos proprietários de pequenas empresas.

Considerações finais: cinco Dapps populares

As dapps populares continuam a entrar e a sair enquanto os empresários lutam para encontrar aplicações que atrairão a multidão a longo prazo. Leitores bem informados vão notar que não incluímos Cryptokitties nesta lista. Enquanto esta aplicação continua a ser popular, a imprensa criptográfica tem-na noticiado incessantemente e certamente existirão projetos mais interessantes por aí que merecem uma vista de olhos.

Realmente não há comparação quando se trata de redes altamente centralizadas como o Facebook, que tem mais de mil milhões de utilizadores. Mesmo os dapps mais populares não podem competir no momento. Mas mesmo o Facebook demorou vários anos até que as rodas realmente começassem a girar. Estamos na ponta do iceberg e alguns, senão todos, os projetos que analisámos podem vir a ser empresas que valem 10 mil Bitcoin nos próximos cinco a dez anos.