Fórum Económico Mundial diz que Blockchain pode ajudar o ambiente

Um novo estudo do Fórum Económico Mundial identificou mais de 65 maneiras de como a tecnologia Blockchain pode ser utilizada para enfrentar alguns dos desafios ambientais mais urgentes que o planeta enfrenta.

O estudo, conduzido em parceria com a PwC, examina como as novas plataformas internacionais poderiam "incubar ecossistemas responsáveis ​​de Blockchain", segundo um comunicado de imprensa.

Estas redes podem variar desde a descentralização da gestão de recursos naturais, como energia e água, até à criação de cadeias de valor que ajudam a promover uma maior sustentabilidade. A tecnologia pode, também, fornecer novos mecanismos de financiamento para elevar as vastas somas de dinheiro que se espera que sejam necessárias para gerar crescimento económico "de baixo carbono e sustentável".

Este estudo divide as áreas que a tecnologia Blockchain poderia impactar positivamente em seis secções: mudança climática, biodiversidade e conservação, oceanos, segurança da água, ar limpo, clima e resiliência a desastres - cada uma subdividida em áreas mais precisas.

O relatório argumenta que tais oportunidades estão a ser amplamente ignoradas pelos developers, investidores e governos, mas representam uma oportunidade para "desbloquear e monetizar o valor que está atualmente embutido nos sistemas ambientais".