IBM pede patente para criar "confiança" em realidade aumentada através de Blockchain

A IBM solicitou outra patente Blockchain, desta vez com o objetivo de impedir que os jogadores de realidade aumentada (AR) invadam locais indesejáveis. O último documento de patente da empresa de tecnologia foi lançado pelo USPTO.

Na patente, a IBM descreve um método baseado em Blockchain e um sistema de interações entre um dispositivo móvel que executa AR e um banco de dados local para definir e manter limites seguros entre objetos AR e locais físicos reais. De acordo com o documento, um ledger distribuído é configurado para manter de forma contínua uma lista crescente de registos de dados protegidos contra falsificação e alterações.

Baseado num banco de dados de localização acionado por Blockchain, o jogo AR "exemplary method" permite que os dispositivos móveis obtenham um sinal sobre se um determinado local em AR é indesejável.

Na patente, a IBM fornece uma breve descrição de realidade aumentada, afirmando que esta forma de jogo está ligada a um local que é sobreposto por imagens de mais itens do jogo, como personagens, recursos ou locais internos do jogo. Ao aplicar a nova patente Blockchain, a IBM pode fornecer uma garantia de "confiança" entre locais reais e jogos AR baseados em localização.