Saiba como pode ter uma conta de email em Blockchain

Há algo que utilizamos todos os dias que raramente é associado a Blockchain: emails. Já existem opções, mas o número de utilizadores ainda é relativamente baixo.

Em algum momento da sua "vida digital" teve uma conta do Gmail, Hotmail (agora Outlook), Yahoo Mail, ou um dos serviços populares que oferecem contas de email aos utilizadores de forma gratuita. O problema destas contas é, como em muitos outros serviços baseados em internet, o facto de os emails enviados e recebidos serem armazenados num servidor centralizado que é propriedade de uma única empresa.

Apesar de algumas startups estarem a trabalhar para construir plataformas de email descentralizadas baseadas na tecnologia Blockchain, neste momento ainda são poucas e distantes entre si. Estas startups recebem muito menos atenção do que as organizações que procuram interromper outros nichos de tecnologia, como pesquisa online, por exemplo.

Apesar do aparente valor de um serviço de email baseado em Blockchain, existem relativamente poucos neste mercado. Estes são apenas alguns:

CryptaMail

O CryptaMail define-se como "email 100% seguro e descentralizado ao qual apenas o utilizador poderá aceder". No site, o serviço explica que "não há um servidor central", o que significa que "não tem de confiar em terceiros", nem mesmo no CryptaMail. O serviço de email explica que as mensagens são armazenadas em Blockchain e que foi construído sobre o protocolo NXTCOIN.

Proemtheus

É, também, um serviço de email construído em Blockchain. Ao que tudo indica, a empresa também está a construir uma plataforma descentralizada maior na qual faz o armazenamento cloud de outras aplicações online.

SwiftMail

Ao contrário dos anteriores serviços, o SwiftMail apenas permite que sejam trocadas mensagens com outras contas do SwiftMail, o que limita a utilização deste serviço. Não sendo exatamente uma conta de email, este serviço fundado por John McAfee é mais um serviço de mensagens privadas do que email em si.

Até agora, o número de utilizadores destes serviços parece ser pequeno. Isto pode dever-se, em parte, ao facto de alguns utilizadores terem expressado a sua preocupação sobre se as empresas realmente protegem a privacidade dos utilizadores e o que aconteceria com as mensagens dos utilizadores se as empresas fechassem.

Os servidores de email descentralizados também levantam outros problemas. Talvez o maior seja a enorme quantidade de dados que precisariam de ser armazenados em Blockchain para executar uma plataforma de email descentralizada em larga escala.