Sociedade Marítima cria modelo de registo de navios em Blockchain

A Lloyd's Register, uma sociedade britânica de classificação marítima de tecnologia e negócios, criou um modelo de registo de navios com Blockchain. A sociedade fez o primeiro registo de navios em 1764.

Este novo tipo de registo de classe da Lloyd's Register (LR) apresenta-se como "a primeira demonstração de que é possível registar navios na classe", implementando a tecnologia Blockchain. Originalmente, a LR publicou o primeiro "Registo de Navios" em 1764 com o objetivo de fornecer tanto aos subscritores como aos comerciantes informações sobre a condição e a qualidade das embarcações seguradas e fretadas.

Para transformar o sistema que foi introduzido no século XVIII, a LR estabeleceu uma parceria com a Blockchain, uma empresa  tecnologica  baseada em Londres. Com a aplicação do novo "registo de classe", a empresa pretende impulsionar a classificação e o registo de novos navios, além de lançar um protótipo de serviço de registo baseado em Blockchain.

O diretor da LR Marine & Offshore Nick Brown explicou que a empresa testou com sucesso a tecnologia Blockchain para o registo de navios. A "imutabilidade e auditabilidade" permite uma "confiança reforçada" entre comerciantes e subscritores, facilitando, também, a disponibilização da partilha de dados "minuto a minuto".